Cristo acolhe e protege

Mpembele Zoka Elysee, conhecido como Mc Lz, tem 20 anos e é da República Democrática do Congo. Veio para o Brasil porque a família sofreu perseguição e teve que sair para buscar apoio em outro país. Ele chegou aqui há quase seis anos, e foi abraçado pelo Cristo Redentor ao participar do projeto “Dó Ré Mi Abraça!”, apoiado pela Ação de Amor do Cristo Redentor.
A Ação de Amor acolhe diversos projetos sociais, dando apoio e estrutura. O “Dó, Ré, Mi Abraça!” é um deles, e promove oficinas musicais para sete refugiados da República Democrática do Congo, Colômbia e Angola.
“O projeto significa muito para mim porque aprendi muito e melhorei bastante na área da música. Hoje, me sinto bem melhor do que antes. Estou pronto para encarar qualquer desafio. Com o professor maravilhoso que temos, aprendemos bastante mesmo”, contou Elysee.
O reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, foi quem o levou ao Cristo pela primeira vez.
“Me senti emocionado. Estava lá vendo o Cristo de braços abertos, e me senti abraçado. É uma emoção que não tem explicação”, contou o rapaz, que conheceu o “Dó, Ré, Mi Abraça!” através de um convite que recebeu na Cáritas RJ, onde tem assistência.
Ele disse, ainda, que deseja “vencer na música para montar um projeto social” que acolha e ajude às crianças de seu país.
O amor é contagioso! E, através da sua doação, você pode fazer com que ele gere algo concreto e ajude ainda mais pessoas! Portanto, não deixe para amanhã! Faça já sua doação e ajude a atender ao pedido do Papa Francisco, de acolher aqueles que precisam.

 

Autor: Nice Affonso / Nathalia Cardoso.

Categorias