Carta Pastoral Comemorativa Centenário do Congresso Eucarístico de 1922

Um só coração e uma só alma para que todos sejam um! (At 4,32; Jo 17,20)

Ao Povo de Deus da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Paz e unidade!

No dia 7 de setembro de 1922, sendo a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro a capital federal, celebrou-se o centenário da Independência do Brasil. Na época, o nosso predecessor, então Arcebispo Coadjutor e depois Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, era Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra.

Diante das comemorações do centenário da Independência, era seu desejo afirmar o nome de Deus, “a cuja munificência infinita devemos a pátria incomparável que temos”. Com isso, despertar “no Brasil inteiro sentimentos de fé e patriotismo” diante da “obsessão grosseira dos interesses do ‘eu’ e o consequente menosprezo das idealidades imortais da moral e da pátria”.

Com estes nobres objetivos, Dom Leme divulgou uma carta, na Solenidade de Corpus Christi, a 15 de junho de 1922, convocando todos os arquidiocesanos para um Congresso Eucarístico, em setembro daquele ano. O tema geral proposto foi a “restauração do Brasil em Cristo, pelo incremento da vida eucarística, principalmente nas famílias, crianças e mocidade” (juventude). Esse propósito que Dom Leme buscou seguir sempre foi a motivação da maioria das suas realizações nesta capital.

Neste ano de 2022, no qual comemoramos o bicentenário da proclamação da Independência do Brasil, teremos a oportunidade de celebrar os 100 anos desse Congresso Eucarístico comemorativo do centenário da independência e que também nos prepara para o 18º Congresso Eucarístico Nacional, que será realizado de 11 a 15 de novembro, em Recife. O tema: “Pão em todas as mesas” nos recorda que não há necessitados entre aqueles que praticam a fraternidade. Dessa forma, esta nossa comemoração arquidiocesana se une à preparação para esse grande momento nacional.

Para a realização do Congresso Eucarístico de 1922, o Papa Pio XI enviou uma carta, datada de 10 de agosto de 1922, demonstrando satisfação pela realização de um “Congresso Nacional para mais e mais promover o culto da Sagrada Eucaristia […] numa época em que, pela propagação do erro e pela avidez das coisas terrenas, vai arrefecendo a caridade de muitos”.

O Congresso Eucarístico de 1922 teve de fato uma repercussão nacional! Ainda hoje podemos encontrar na biblioteca da arquidiocese, no Seminário São José, as cartas de agradecimento e incentivo por parte dos bispos brasileiros, autoridades e outras personalidades, bem como registros do apoio e das iniciativas pastorais das dioceses brasileiras em relação ao Congresso. A sua realização compreendeu cerimônias solenes (atos de piedade – exposição, procissão e bênção do Santíssimo Sacramento e de culto – missas) e sessões de estudos para padres e leigos(as). Vale destacar a comunhão das crianças na missa campal no Campo de Sant´Ana.

Como bem sabemos, nosso país tem na Eucaristia, celebrada naquele Domingo de Páscoa de 26 de abril de 1500, o seu primeiro ato de culto católico inscrito no registro de seu nascimento. As efusivas comemorações pelo Dia de Corpus Christi em todo o Brasil (que é também um dia de ponto facultativo ou feriado municipal), os Congressos Eucarísticos nacionais e o internacional realizado no Rio de Janeiro (capital federal) em 1955, os hinos eucarísticos e as diversas manifestações devocionais expressam o amor ao Corpo e Sangue do Senhor e acentuam a fé eucarística do povo brasileiro. Neste ano, completamos 96 anos de Semana Eucarística, nascida no clima desse tempo de restauração da presença da Igreja na sociedade.

Inspirados pelos eventos eucarísticos realizados em nosso país que, por sua vez, marcaram a história, a vida e a fé cristã do povo brasileiro; iluminados pelo exemplo do Cardeal Leme, o “Bispo da Eucaristia”, que este ano completa 140 anos de nascimento e 80 anos de falecimento, realizaremos em toda a nossa Arquidiocese a comemoração do Centenário do Congresso Eucarístico Nacional de 1922, cujo tema neste ano de 2022 será “Eucaristia, alimento da unidade, de esperança e de fraternidade”.

Neste sentido, desejamos afirmar a fé eucarística, fortalecer a unidade do corpo de Cristo, resgatar a memória e celebrar o centenário do Congresso de 1922, bem como comemorar o bicentenário da Independência do Brasil e preparar os fiéis para o XVIII Congresso Eucarístico Nacional em Recife/PE. A motivação bíblica (o lema) que permeou o passado (1922) será a mesma neste centenário: “E Jesus percorria toda a Galileia… curando todas as enfermidades e doenças entre o povo”(Mt 4,23). Fica, assim, marcado nosso rumo de Igreja em missão permanente.

As celebrações deste centenário do Congresso Eucarístico de 1922 na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro contemplarão uma programação em níveis paroquial, vicarial e arquidiocesano, nos quais convocamos todos os fiéis a participar. Como naquele tempo, o Senhor continua a nos alimentar e a passar por nós, dando razão e sentido à nossa existência, aliviando-nos, curando-nos e favorecendo-nos com muitas graças de seu Coração Eucarístico para a nossa salvação. A experiência eucarística com Cristo é ímpar e deve animar nossa vida, nossas comunidades e todo o Brasil para que, com o coração abrasado pela sua presença, possamos dar frutos de conversão profunda, crescermos cada vez mais na fé cristã e nos sentirmos impulsionados à missão.

Nesta Solenidade de Corpus Christi do ano de 2022, estabelecemos em todas as comunidades que, a partir de hoje, a oração pelo Congresso seja rezada em momentos oportunos, conforme determinação dos párocos e até a conclusão do mesmo, a 7 de setembro. Esta oração, inspirada naquela que foi composta por Dom Leme e atualizada por nós, será divulgada através das mídias e no folheto dominical.

Oração pelo Congresso Eucarístico do Centenário:

“Dulcíssimo Jesus Cristo, nosso Redentor, que por amor de todos instituístes a Eucaristia, dignai-vos abençoar-nos neste centenário do Congresso Eucarístico nestas terras cariocas. Também hoje, como há cem anos, queremos bendizer-vos pelo grande dom da Eucaristia, sempre presente aqui desde o século XVI. Sede vós mesmo o centro de todas as nossas comemorações celebrativas e alimento de unidade, esperança e fraternidade para o nosso povo. Necessitamos de tempos novos e de paz! Que sejamos permanentemente missionários, percorrendo nossas ruas e praças, testemunhando a vossa Ressurreição. Ó Coração Eucarístico de Jesus, aumentai a nossa fé e protegei-nos. Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil, rogai por nós. São Pascoal Bailão, padroeiro dos Congressos Eucarísticos, rogai por nós. São Sebastião, padroeiro desta cidade e da Arquidiocese, rogai por nós”.

O Congresso Eucarístico do Centenário será realizado entre os dias 03 a 07 de setembro próximos. No sábado, dia 03 de setembro, faremos a abertura do Congresso na Catedral Metropolitana com Missa Solene às 9h, seguida de procissão com o Santíssimo Sacramento no entorno da Catedral e Bênção Eucarística na sua conclusão. Para a abertura, convidamos todo o povo de Deus a participar de uma bela celebração eucarística, quando haverá também a investidura de novos MESCs.

No domingo, dia 04 de setembro, todas as paróquias viverão o “Dia Eucarístico”. É o momento de retomar com mais ardor a participação dominical presencial em nossas igrejas. Neste sentido, será preciso salientar em todas as missas, o Domingo como o Dia da Eucaristia por excelência (cf. At 20,7) e também a realização de uma procissão eucarística pelas principais ruas do território paroquial, como manifestação da fé e piedade eucarísticas e do nosso estado permanente de missão. A procissão deve ser única em cada paróquia e pode também ser realizada no interior da Igreja. Ao final da procissão dá-se a bênção com o Santíssimo Sacramento.

Na segunda-feira, dia 05 de setembro, cada vicariato se reunirá com suas paróquias para catequese eucarística, missa, procissão e Bênção Eucarística presidida pelo Bispo animador, emérito ou residente. Na Igreja de Sant´Ana – Vicariato Urbano, teremos, às 18h, a missa pelos 140 anos de nascimento (20/01/1882) e 80 anos de falecimento (17/10/1942) do Cardeal Leme.

Na terça-feira, dia 06 de setembro, teremos o Congresso Teológico on-line organizado pelo Departamento de Teologia da PUC-RIO.

Na quarta-feira, dia 07 de setembro, celebraremos, às 7h, no Santuário do Cristo Redentor, a conclusão do Congresso Eucarístico do Centenário na Arquidiocese com a seguinte programação: Missa Solene pelos 200 anos da Independência do Brasil e a primeira comunhão de crianças (uma de cada vicariato), exposição do Santíssimo Sacramento, Te Deum, Consagração do Brasil ao Coração Eucarístico de Jesus e Bênção com o Santíssimo Sacramento. Devido ao espaço do santuário, este evento será transmitido pelas mídias oficiais da ArqRio e do Santuário  Cristo Redentor. Oportunamente divulgaremos o texto da consagração para que todos possam acompanhar a celebração e rezar.

Solicitamos que esta carta seja divulgada em todas as comunidades para que todos se sintam convidados a celebrar o dom da Eucaristia com ardorosa fé, gratidão e missão. Desejamos que o empenho de todos, sendo “um só coração e uma só alma” (lema do Cardeal Leme) “para que todos sejam um” (lema de nosso episcopado) nas celebrações deste Congresso Eucarístico, alcance muitos frutos para a nossa Arquidiocese, para a cidade e para a pátria a fim de que Nosso Senhor Jesus Cristo, presente no sacramento da Eucaristia, “seja adorado e seja amado nesta terra de Santa Cruz”, o Brasil!

Orani João Cardeal Tempesta, O. Cist.

Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro

Categorias