Brasil em festa: 150 anos da chegada da SSVP

O Brasil, maior nação vicentina do mundo, está em festa. No dia 7 de agosto, na Catedral de São Sebastião, no Rio de Janeiro, centenas de confrades e consócias brasileiros celebraram uma data muito significativa: os 150 anos da fundação da Sociedade de São Vicente de Paulo neste país, que é verdadeiramente “abençoado por Deus e bonito por natureza”, como diz uma música local.

O 16º presidente-geral Internacional, confrade Renato Lima de Oliveira, e o vice-presidente Territorial Internacional para a América do Sul (América 3), confrade Júlio César Marques de Lima, ambos brasileiros, representaram o Conselho Geral nas comemorações. O evento foi conduzido pelo confrade Márcio José da Silva, presidente do Conselho Nacional do Brasil.

A SSVP chegou ao Brasil em 4 de agosto de 1872, com a fundação da Conferência São José, pelas mãos de três grandes homens: Pedro Jobim, Antônio de Sá e Francisco Coutinho (conhecido como Conde de Aljezur, que foi também cofundador da SSVP em Portugal). De lá pra cá, a SSVP cresceu, floresceu e alcançou todos os lugares, sendo muito respeitada pelos poderes públicos e com grande apoio da Santa Igreja. E quis a Providência Divina que, nesta celebração dos 150 anos, o presidente-geral fosse brasileiro.

A consócia Anna Lopes Guarilha, atual presidente da Conferência São José, destacou a caminhada do grupo nesses 150 anos. Foi lida a ata de fundação da Conferência e apresentada a “Carta de Agregação” (original) da referida Conferência, o que foi motivo de um grande aplauso. O Conselho Nacional aproveitou a ocasião e lançou uma medalha comemorativa, alusiva aos 150 anos (uma delas ficará na sede do Conselho Geral, em Paris).

Em seu discurso, o confrade Renato Lima enalteceu as qualidades da SSVP brasileira, não somente pelas estatísticas impressionantes (15 mil Conferências e 150 mil membros), mas especialmente sobre a qualidade dos serviços prestados aos irmãos necessitados. O confrade Renato surpreendeu a todos ao trazer, pessoalmente, uma bênção especial do Papa Francisco para todos os vicentinos do Brasil.

“A SSVP no Brasil conta com confrades e consócias extremamente generosos, comprometidos e abnegados, que fazem de tudo em nome dos mais carentes. A coragem, a fé e a resiliência dos vicentinos brasileiros é algo invejável, assim como a paixão com que zelam pela Sociedade e o amor que têm pelos necessitados”, externou o presidente Renato.

Logo depois, foi celebrada a Santa Missa em ação de graças pelos 150 anos da SSVP no Brasil, presidida pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, que contou com a presença do pároco local, cônego Cláudio dos Santos, e de diversos sacerdotes da Congregação da Missão.

Na homilia, Dom Orani destacou a importância da fé e lembrou que “foi pela fé que São Vicente exerceu seu fecundo ministério, tendo como prioridades a missão, a formação dos sacerdotes e o serviço aos pobres”.

Também acrescentou: “Foi pela fé que Antonio Frederico Ozanam viu a necessidade de chegar aos pobres. Também pela fé que vocês vieram para participar e celebrar esse momento em ação de graças pelos 150 anos de presença vicentina em nosso país. É pela fé, como Igreja que somos, a continuar a fazer o bem, e cada vez melhor.

Dom Orani ainda partilhou que foi na sua primeira diocese, em São José do Rio Preto (SP), que pôde “acompanhar as atividades da Sociedade de São Vicente de Paulo nos diversos conselhos, conferências e obras unidas, assim como o trabalho de acolhimento e de promoção aos mais pobres”. Ele presidia as celebrações das assembleias diocesanas e, de maneira especial, em ação de graças à beatificação de Antonio Frederico Ozanam, em 1997.

No final da missa, o arcebispo tomou conhecimento da moção honrosa que o Papa Francisco enviou aos vicentinos brasileiros, e foi homenageado em nome do Conselho Nacional do Brasil com uma placa comemorativa, por meio do presidente, confrade Márcio José da Silva, e também do presidente do Conselho Geral, com sede em Paris, confrade Renato Lima.

Após a missa, os confrades e consócias cantaram parabéns para a conferência aniversariante, num clima de muita alegria e bênçãos.

 

Renato Lima, presidente do Conselho Geral da SSVP

Colaboração: André Luiz Barreto, do Departamento de Comunicação do Conselho Metropolitano do Rio de Janeiro

 

 

 

Categorias