Curso para os Bispos da Arquidiocese do Rio de Janeiro

Tema: “Novas comunidades e a evangelização hoje”

 

A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro irá promover, como acontece todos os anos, o 33º Curso para os Bispos. Normalmente, ocorre num mês de férias para que o convite fique aberto para aqueles que livremente desejarem participar. O curso acontece desde 1992, numa feliz iniciativa do nosso venerável predecessor Cardeal Eugenio de Araujo Sales, e já é tradição. Este ano, o curso terá uma recordação especial, pois no primeiro curso, o então prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, Senhor Cardeal Joseph Ratzinger, Papa Bento XVI, falecido no último 31 de dezembro, esteve presente, fazendo as conferências sobre a Igreja. 

 O curso de 2023 será de 23 a 27 de janeiro, com o seguinte tema: “Novas comunidades e a evangelização hoje”. Nos dias de hoje, tem crescido muito o número de novas comunidades e é preciso dar atenção a elas e orientá-las para que sigam as instruções da Igreja, prescritas pelo Código de Direito Canônico e demais orientações da Igreja. A evangelização nos dias de hoje não é como antigamente, a linguagem e o método de evangelizar mudaram, como nos diz o Papa Francisco. É preciso ir ao encontro das ovelhas e não ficar na Igreja ou “sacristia” esperando os fiéis. Cumprindo aquilo que Jesus pediu, a Igreja tem que ir ao encontro das ovelhas perdidas. 

A evangelização nos dias de hoje tem que se adaptar a novos públicos, a Igreja tem que evangelizar para todas as pessoas e ensinar o caminho correto para se chegar ao Reino de Deus. 

A cada ano, diversos bispos são convidados para ministrarem as palestras durante o curso. Para este ano, os convidados são: Cardeal Kevin Joseph Farrell, prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida; Dom Antonio Luiz Catelan Ferreira, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro; padre Luis Navarro, reitor da Pontifícia Universidade da Santa Cruz, em Roma; padre Alexandre Awi Mello, superior geral do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt; Dom Roberto Lopes, OSB, vigário episcopal para os Institutos de Vida Consagrada, Sociedades de Vida Apostólica, Movimentos Eclesiais e Novas Comunidades da Arquidiocese do Rio de Janeiro; e fundadores de comunidades.

Após dois anos marcados pela pandemia da Covid-19, e o curso ter sido de maneira virtual, este ano voltará a ser presencial. Mesmo tendo sido virtual, houve uma grande adesão dos bispos e as conferências estavam sempre cheias. No ano passado, cerca de 90 bispos de vários cantos e recantos do Brasil participaram do encontro, inclusive o Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, que também estará presencialmente neste ano. 

O curso é, ainda, uma oportunidade de convivência fraterna entre os bispos. Mesmo quando teve que ser de forma virtual, devido à pandemia, isso foi possível e agora de maneira presencial será melhor ainda. O episcopado brasileiro e latino-americano se preocupa bastante com o futuro da Igreja e em como evangelizar num mundo tão transformado. Os anos vão passando e a Igreja tem que chegar a todas as realidades geográficas, sociais ou virtuais. 

Estamos vivendo o Sínodo dos Bispos, que terminará no próximo ano. A palavra ‘sínodo’ significa caminhar junto, ou seja, os fiéis caminham junto com a Igreja e, também, opinam sobre como a Igreja pode se sentir mais próxima dos fiéis. 

Por isso, o Curso dos Bispos 2023 vai discutir um pouco sobre isso, sobre as novas formas de evangelizar e de como a Igreja pode estar mais próxima dos fiéis. É urgente a evangelização nas famílias e como a Igreja pode entrar em cada lar através dos meios de comunicação. 

O Espírito Santo tudo transforma e faz nova todas as coisas. A Igreja, há mais de 2 mil anos, continua evangelizando e torna atual aquilo que Jesus pediu. Mesmo com os ventos contrários, a Igreja continua de pé, pois é fundada e guiada sob a luz do Espírito Santo. O próprio Sínodo dos Bispos é uma prova de que o Espírito Santo continua acompanhando a Igreja. 

Uma das formas de afeto, comunhão e colegialidade é rezarmos pela Igreja. Nossa oração, na semana de 23 a 27 de janeiro, será para todos os bispos e convidados que estarão no Centro de Estudos do Sumaré, reunidos para o Curso dos Bispos. Vamos acompanhar, pelas mídias da arquidiocese, os momentos comunitários deste curso, rezando pelos bispos presentes! Teremos cobertura da mídia católica e inclusive dois programas especiais pela TV à noite.

Acompanhemos com as nossas orações o Curso dos Bispos em nossa arquidiocese, e que seja um tempo de estudo e de graça e o Espírito Santo renove o coração de cada um de nós. Amém. 

 

Orani Joao, Cardeal Tempesta, O. Cist.

Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

Categorias