Visita Ad Limina: bispos vão à Basílica de Latrão e Dicastério para os Bispos | 04/10/2022

O segundo dia da Visita Ad Limina, 4 de outubro, iniciou com a Santa Missa na Basílica de São João do Latrão, a Mãe de todas as igrejas do Ocidente, sob a presidência de Dom Gilson Andrade, Bispo de Nova Iguaçu e vice-presidente do Regional Leste 1.

Após a celebração, os bispos do Estado do Rio de Janeiro continuaram seus trabalhos, visitando o Dicastério para os Bispos. Dom Orani Tempesta, Cardeal Arcebispo do Rio, destacou: “Coube a mim fazer a saudação ao Prefeito do Dicastério, o Cardeal Marc Oullet em nome dos bispo do Regional! Disse a ele da nossa alegria em encontrarmos a Congregação e partilharmos de nossa esperança. Foram momentos importantes sobre preocupações comuns.”

 

Logo após, os bispos se dirigiram à Secretaria de Estado e Segunda Seção (Relações com os Estados). A recepção foi feita pelo Cardeal Pietro Parolin. Dom José Francisco Rezende Dias, Arcebispo de Niterói e Presidente do Regional Leste 1 – CNBB, saudou o Secretário de Estado da Santa Sé, em nome dos Bispos do Estado do Rio de Janeiro. Ainda neste encontro, os senhores bispos puderam reencontrar o padre brasileiro, Antônio Hofmeister, que desempenha seu trabalho no organismo da Santa Sé.

Dom José Francisco destacou em sua saudação: Em tempos como os nossos, quando as Instituições se sentem desafiadas a encontrar e a dar respostas, que as vezes nem elas mesmas têm, é de conforto e segurança para a nossa Igreja contarmos com esta Secretaria de Estado. Primeiro pelo seu aspecto perene de sempre se colocar a serviço do Divino Mestre; segundo, porque é a Instituição mais longeva do mundo em atividade nesta área.

Ele também lembrou que em 2008 foi firmado um acordo entre o Brasil e a Santa Sé. E que neste mês de outubro o Brasil está realizando as Eleições Nacionais e Estaduais, ressaltando que: Nós, Bispos do Regional, elaboramos uma nota com orientações para o nosso povo. É um momento de muito cuidado, pois diante da extraordinariedade que temos vivido nos últimos anos, por causa da COVID 19, muitas questões ainda estão por surgir, e cujas consequências ainda não podemos prevê-las todas.

O Presidente do Regional destacou ainda as esperanças e também as preocupações devido às guerras: Estamos neste momento agradecidos por virmos a Roma. Esta proximidade nos envolve a todos com a esperança de que os tempos não apenas voltem a ser como eram antes, mas que sejam melhores. Nossa preocupação também se acentua para fora de nosso regional e de nosso país. Olhamos com muita atenção para a guerra que se desenvolve na Ucrânia, envolvendo grandes potências e gerando uma instabilidade econômica mundial. Também nos solidarizamos com os irmãos de países mais pobres, que sofrem com as guerras, que não são divulgadas pelos grandes meios de comunicação. Pensamos principalmente nas crianças, nos idosos, nas mulheres, e preocupamo-nos, especialmente, com os jovens, que são obrigados a combater por uma causa que eles não criaram. Todos esses irmãos são as primeiras vítimas quando o diálogo cessa e a força se torna a lei.

E concluiu falando sobre o cuidado com a casa comum dizendo: Em união com Papa Francisco, também mantemos especial atenção para as questões relacionadas às mudanças climáticas, considerando que as suas consequências deixaram de ser problemas pontuais e passaram, há muito tempo, a ser uma questão planetária. Ela já não pode mais ser resolvida com ações pontuais ou de grupos. É uma questão de governo e de Estado, que deverá envolver todas as instituições para refrear suas consequências. Sabemos que, embora os efeitos da mudança climática atinjam a todos, os pobres e vulneráveis sofrem mais, e são as primeiras vítimas. Neste ponto, agradecemos a incansável ação desta Secretaria e do Santo Padre.

 

Dando prosseguimento às atividades do segundo dia da Visita Ad Limina Apostolorum, o episcopado do Rio de Janeiro retornou à Praça de São Pedro para o encontro no Dicastério dos Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, realizado às 16h15, na Cidade Eterna.

O Dicastério para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica tem como Prefeito o Cardeal brasileiro, Dom João Braz de Aviz. Foi relator neste encontro Dom José Ubiratan Lopes, OFM. CAP, Bispo de Itaguai, colaborador na Comissão Regional Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada do Regional Leste 1 da CNBB.

Conforme previsto na Constituição Apostólica Praedicate Evangelium, compete a este Dicastério ‘promover, animar e regular a prática dos conselhos evangélicos, como é exercida nas formas aprovadas de vida consagrada, e igualmente de vida e atividade das Sociedades de Vida Apostólica em toda a Igreja latina (art. 121). O referido Dicastério incentiva o progresso dos Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica no seguimento de Cristo (art. 122).

 

Pela noite, selando a programação deste fecundo dia, os bispos do Rio de Janeiro tiveram encontro com o Embaixador do Brasil na Santa Sé.

 

Regional Leste 1 – CNBB

Fotos: Luciana Martins e Paulo Junior 

 

 

Santa Missa na Basílica de São João do Latrão

 

Dicastério para os Bispos

 

Secretaria de Estado e Segunda Seção

 

Dicastério dos Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica

 

Embaixador do Brasil na Santa Sé

Categorias